Explore Base, Beautiful, and more!

As selaginelas são plantas rastejantes ou ascendentes com folhas simples semelhantes a escamas em caules ramificados dos quais surgem também as raízes. possuem estruturas chamadas lígulas, excrescências semelhantes a escamas, na base da superfície superior de cada micrófilo e esporófilo. suas folhas (frondes) são de coloração verde escura e brilhante, muito escamosas e bonitas.

As selaginelas são plantas rastejantes ou ascendentes com folhas simples semelhantes a escamas em caules ramificados dos quais surgem também as raízes. possuem estruturas chamadas lígulas, excrescências semelhantes a escamas, na base da superfície superior de cada micrófilo e esporófilo. suas folhas (frondes) são de coloração verde escura e brilhante, muito escamosas e bonitas.

A cavalinha possui folhas pequenas em formato de agulha, sendo uma planta que não possui flores nem sementes.

A cavalinha possui folhas pequenas em formato de agulha, sendo uma planta que não possui flores nem sementes.

Os musgos são os maiores representantes das briófitas, apresentam 90.000 espécies já classificadas. São plantas de pequeno porte, apresentam poucos centímetros de altura, justamente por não apresentarem vasos condutores. Seu pequeno tamanho facilita o transporte de nutrientes que é feito célula a célula. Encontram-se divididos em três classes: Sphagnidae (os musgos-de-turfeira), Andreaeidae (os musgos-de-granito) e Bryidae (conhecidos como “musgos verdadeiros”).

Os musgos são os maiores representantes das briófitas, apresentam 90.000 espécies já classificadas. São plantas de pequeno porte, apresentam poucos centímetros de altura, justamente por não apresentarem vasos condutores. Seu pequeno tamanho facilita o transporte de nutrientes que é feito célula a célula. Encontram-se divididos em três classes: Sphagnidae (os musgos-de-turfeira), Andreaeidae (os musgos-de-granito) e Bryidae (conhecidos como “musgos verdadeiros”).

Cavalinha: porte pequeno, caule subterrâneo e que formam ramos eretos que lembram vagamente um caule de cana-de-açúcar com cerca de 1 cm de diâmetro. Folhas em forma de fios, agrupadas em feixes, emergem do caule e lembram uma cauda de cavalo.

Cavalinha: porte pequeno, caule subterrâneo e que formam ramos eretos que lembram vagamente um caule de cana-de-açúcar com cerca de 1 cm de diâmetro. Folhas em forma de fios, agrupadas em feixes, emergem do caule e lembram uma cauda de cavalo.

Briófitas (do gergo bryon: 'musgo'; e phyton: 'planta') são plantas pequenas, geralmente com alguns poucos centímetros de altura, que vivem preferencialmente em locais úmidos e sombreados.

Briófitas (Filo Bryophyta)

Briófitas (do gergo bryon: 'musgo'; e phyton: 'planta') são plantas pequenas, geralmente com alguns poucos centímetros de altura, que vivem preferencialmente em locais úmidos e sombreados.

As samambaias pertencem à classe das filícíneas. Incluem as rendas portuguesas, as avencas, os xaxins, as samambaias de metro etc. Na maioria delas, o caule subterrâneo, chamado rizoma, forma folhas aéreas. No xaxim o caule é aéreo e estéreo e pode atingir cerca de 2 a 3 m. As folhas são muitas vezes longas, apresentam divisões (folíolos) e crescem em comprimento pelas pontas, que são enroladas, lembrando a posição do feto no interior do útero.

As samambaias pertencem à classe das filícíneas. Incluem as rendas portuguesas, as avencas, os xaxins, as samambaias de metro etc. Na maioria delas, o caule subterrâneo, chamado rizoma, forma folhas aéreas. No xaxim o caule é aéreo e estéreo e pode atingir cerca de 2 a 3 m. As folhas são muitas vezes longas, apresentam divisões (folíolos) e crescem em comprimento pelas pontas, que são enroladas, lembrando a posição do feto no interior do útero.

Grupo: Do grupo das pteridófitas, as samambaias são as espécies mais estudadas, mas não são as únicas do grupo. Além das samambaias e avencas, outras duas divisões pertencem ao grupo: Pterophyta (pterófitas), conhecidas como filicíneas, correspondem às samambaias e avencas; Lycophta (licófitas).

- Fern - Wikipedia, the free encyclopedia

Pteridófitas mais conhecidas Cavalinha: porte pequeno, caule subterrâneo e que formam ramos eretos. Selaginela: erroneamente vendida como musgo nas floriculturas. Folhas miúdas que saem do caule cilíndrico bem fino. Licopódio: caule subterrâneo e que dá ramos aéreos eretos dos quais saem folhas bem menores que as da selaginela.  Samambaias: as pteridófitas mais modernas são popularmente conhecidas como samambaias e pertencem à classe das filícíneas.

Pteridófitas mais conhecidas Cavalinha: porte pequeno, caule subterrâneo e que formam ramos eretos. Selaginela: erroneamente vendida como musgo nas floriculturas. Folhas miúdas que saem do caule cilíndrico bem fino. Licopódio: caule subterrâneo e que dá ramos aéreos eretos dos quais saem folhas bem menores que as da selaginela. Samambaias: as pteridófitas mais modernas são popularmente conhecidas como samambaias e pertencem à classe das filícíneas.

samambaias são plantas vasculares que não produzem sementes - reproduzem-se por esporos, que dão origem a um indivíduo geralmente insignificante e de vida curta (o protalo), que por sua vez produz gâmetas para dar origem a uma nova planta.

samambaias são plantas vasculares que não produzem sementes - reproduzem-se por esporos, que dão origem a um indivíduo geralmente insignificante e de vida curta (o protalo), que por sua vez produz gâmetas para dar origem a uma nova planta.

A cavalinha é uma planta merengue. Não possui plantaes e, consequentemente, nem goradas; algumas espécies possuem folhas verticiladas, mas reduzidas a tamanho insignificante.

A cavalinha é uma planta merengue. Não possui plantaes e, consequentemente, nem goradas; algumas espécies possuem folhas verticiladas, mas reduzidas a tamanho insignificante.

Pinterest
Search