Explore Portugal, Board and more!

Explore related topics

Placa referente ao SOBREIRO de VEIROS - Estarreja - Portugal

Placa referente ao SOBREIRO de VEIROS - Estarreja - Portugal

SOBREIRO DE VEIROS - ESTARREJA - PORTUGAL - tem 530 anos. É dos mais antigos de Portugal, o ex-libris da freguesia ao ponto de figurar no brasão.

SOBREIRO DE VEIROS - ESTARREJA - PORTUGAL - tem 530 anos. É dos mais antigos de Portugal, o ex-libris da freguesia ao ponto de figurar no brasão.

O ASSOBIADOR - SOBREIRO DE ÀGUAS DE MOURA - PALMELA - PORTUGAL -  arcadedarwin.com

O ASSOBIADOR - SOBREIRO DE ÀGUAS DE MOURA - PALMELA - PORTUGAL - arcadedarwin.com

O SOBREIRO  de Águas de Moura - Palmela - Portugal --> É considerado o + produtivo do mundo. Foi plantado em 1783, mede 16m e produz 1 200Kg de cortiça que dão para fazer 100mil rolhas.Turistas ingleses apelidaram-no de " ASSOBIADOR" devido ao barulho das aves nos seus ramos. Foi classificado em 1998 - Jornal de Notícias de 04/01/2016

O SOBREIRO de Águas de Moura - Palmela - Portugal --> É considerado o + produtivo do mundo. Foi plantado em 1783, mede 16m e produz 1 200Kg de cortiça que dão para fazer 100mil rolhas.Turistas ingleses apelidaram-no de " ASSOBIADOR" devido ao barulho das aves nos seus ramos. Foi classificado em 1998 - Jornal de Notícias de 04/01/2016

CALVOS – PÓVOA de LANHOSO - PORTUGAL - Bandeira: branca. Cordão e borlas de prata e verde. Haste e lança de ouro.  - freguesiadecalvos.pt

CALVOS – PÓVOA de LANHOSO - PORTUGAL - Bandeira: branca. Cordão e borlas de prata e verde. Haste e lança de ouro. - freguesiadecalvos.pt

Oliveira com 2850 anos - Santa Iria de Azóia - PORTUGAL - vem do tempo dos Romanos. O tronco bifurca e tem 8,15 metros de diâmetro. Ainda produz azeitonas e são necessários vários homens para a abraçar. - Jornal de Notícias 04/01/2016

Oliveira com 2850 anos - Santa Iria de Azóia - PORTUGAL - vem do tempo dos Romanos. O tronco bifurca e tem 8,15 metros de diâmetro. Ainda produz azeitonas e são necessários vários homens para a abraçar. - Jornal de Notícias 04/01/2016

DUARTE GAVÃO - (1446 – Kamaran, Dezembro de 1517) foi um cronista e diplomata português. Fidalgo da Casa Real,1 2 3 foi cronista-mor do Reino de Portugal em 1460, autor da Crónica de D. Afonso Henriques, Secretário de D. Afonso V de Portugal4 e de D. João II de Portugal, alcaide-mor de Leiria, embaixador ao Imperador Maximiliano I do Santo Império Romano, ao Rei Luís XII de França e ao Papa Alexandre VI, etc. (cont.)

DUARTE GAVÃO - (1446 – Kamaran, Dezembro de 1517) foi um cronista e diplomata português. Fidalgo da Casa Real,1 2 3 foi cronista-mor do Reino de Portugal em 1460, autor da Crónica de D. Afonso Henriques, Secretário de D. Afonso V de Portugal4 e de D. João II de Portugal, alcaide-mor de Leiria, embaixador ao Imperador Maximiliano I do Santo Império Romano, ao Rei Luís XII de França e ao Papa Alexandre VI, etc. (cont.)

Foi a partir do DÓLMEN Megalítico (com mais de três mil anos) que veio a ser edificada a IGREJA DE SANTA MARIA MADALENA – na Vila de ALCOBERTAS (a palavra vem do árabe “alcobre” ou “alcorbe” que significa pequena torre).  - Rio Maior – Santarém – PORTUGAL.

Foi a partir do DÓLMEN Megalítico (com mais de três mil anos) que veio a ser edificada a IGREJA DE SANTA MARIA MADALENA – na Vila de ALCOBERTAS (a palavra vem do árabe “alcobre” ou “alcorbe” que significa pequena torre). - Rio Maior – Santarém – PORTUGAL.

Placa de Rua no centro da cidade  (Póvoa de Varzim – Portugal) com marcas familiares.- hispanismo.org/portugal/siglas-poveiras

Placa de Rua no centro da cidade (Póvoa de Varzim – Portugal) com marcas familiares.- hispanismo.org/portugal/siglas-poveiras

Pinterest
Search